terça-feira, 27 de outubro de 2020

Ataque ransomware faz fabricante de vacina covid desligar servidores no Brasil

 

A gigante farmacêutica indiana Dr Reddy’s foi forçada a desligar todos os seus servidores de data center em todo o mundo por um dia inteiro, após ter sido atingida por um ataque cibernético. A empresa não deu qualquer informação mas os funcionários comentaram o assunto nas redes sociais. A empresa tem sede na Índia e um total de 25 fábricas, uma delas no Brasil (São Paulo, SP). A informação está no site Ciso Advisor.

A Dr. Reddy’s fabrica atualmente a vacina contra covid-19 desenvolvida pela Rússia e medicamentos para o tratamento da infecção pelo coronavírus (Remdesivir e Favipiravir). O ataque cibernético aconteceu poucos dias depois que a empresa recebeu a aprovação do Controlador Geral de Drogas da Índia (DCGI) para realizar testes clínicos da vacina russa Sputnik V no país. “Esperamos que todos os serviços estejam funcionando dentro de 24 horas e não prevemos nenhum grande impacto em nossas operações devido a este incidente”, disseram os funcionários da empresa.

De acordo com uma fonte da agência ETNow, os hackers usaram ransomware durante o ataque, e por isso a empresa teve de isolar todos os seus data centers e suspender a produção em fábricas nos EUA, Reino Unido, Brasil, Índia e Rússia. O processo de serialização, envio, registro dos resultados do controle de qualidade e homologação por meio de sistemas eletrônicos também foi suspenso. Os representantes da empresa se recusaram a comentar as informações de que o ataque cibernético poderia afetar o funcionamento das fábricas.

                                                                                       FONTE:CONVERGENCIA DIGITAL

0 comentários: