quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Descubra como ter mais facilidade na análise de relatórios da sua empresa


Todo empresário sabe que a jornada para abrir e manter uma empresa funcionando é trabalhosa e exige comprometimento. E acompanhar o andamento dos resultados do negócio, ou seja, daquilo que foi planejado e realizado, é uma das atividades que faz parte do dia a dia da gestão. Uma das formas de cumprir essa tarefa é fazer a análise de relatórios.
Falando assim pode parecer algo bastante complexo e que vai demandar muito tempo, tanto para a elaboração dos relatórios quanto para a averiguação de todos eles. Mas é justamente para mostrar que essa atividade pode ser simples e fácil que fizemos este artigo. Siga com a gente e entenda!

4 dicas para fazer a análise de relatórios de um jeito rápido e prático

Os relatórios são documentos essenciais para uma gestão eficiente, pois reúnem dados, informações e ponderações sobre cada setor da empresa e também sobre a influência que as áreas têm umas sobre as outras. O principal objetivo deles é apresentar um panorama geral do negócio e auxiliar o empresário a tomar as melhores decisões.
Além disso, eles oferecem diversos benefícios, como subsídios para definições de estratégias, informações atualizadas e estruturação de um histórico para as áreas. Por isso, desenvolver um método para fazer uma análise de relatórios que seja rápida e prática é o jeito mais inteligente de aproveitá-los. Aqui, separamos 4 dicas para ajudá-lo nesse processo:

1 – Comece pelos dados macro e depois caminhe para os detalhes

Inicie pelas informações mais importantes do negócio e analise o desempenho do mês, conferindo se as metas definidas no planejamento estratégico da empresa estão sendo cumpridas. Depois, comece a verificar cada um dos dados, setor por setor, para entender exatamente o que foi feito para chegar aos resultados obtidos.
Dessa forma, você saberá quais foram as ações que deram certo e devem ser mantidas, podendo inclusive otimizá-las para alcançar frutos melhores. Ao mesmo tempo, verificará quais deram errado e precisam ser corrigidas para atingir os objetivos planejados.

2 – Identifique os melhores e piores resultados

Uma vez que você já vai verificar cada um dos dados, não é difícil identificar os melhores e piores resultados. Ter eles em mãos é importante para encontrar oportunidades dentro do próprio negócio. Digamos, por exemplo, que você consegue ver, em um relatório de materiais, as matérias-primas mais e menos usadas na produção.
Com essa informação, pode concentrar seus esforços em negociar melhores preços para aquela matéria-prima que é mais usada, enquanto ajusta com o fornecedor uma redução no volume daquela que é menos usada. Tudo isso beneficia a rentabilidade da empresa e sua sustentabilidade.

3 – Priorize os pontos de alta lucratividade

Os relatórios são feitos para facilitar o dia a dia da gestão, então, se eles apontam que determinado produto ou serviço pode aumentar a lucratividade da sua empresa, você não pode perder essa oportunidade! Trata-se de uma forma de gerar mais resultados positivos com menos esforço. E enquanto o negócio lucra, fica mais fácil estudar soluções para produtos ou serviços que apresentam somas inferiores às esperadas.

4 – Construa sempre relatórios completos

Uma das melhores formas de fazer uma análise de relatórios rápida e prática é contar com documentos completos. Quanto mais informações qualificadas eles contiverem, mais fácil será identificar e priorizar as oportunidades, bem como examinar e avaliar os problemas para resolvê-los.
Para isso, o ideal é automatizar o processo usando ferramentas especializadas, que podem construir relatórios totalmente personalizados para atender às necessidades de cada gestor e área da empresa, conforme a demanda. Dessa maneira, é possível tomar decisões com base em dados reais, pois se tem uma visão ampla e integrada do negócio.

Use um sistema especialista em relatórios na sua empresa

Acabamos de falar que o ideal é automatizar a elaboração dos relatórios, pois assim é possível ter uma visão ampla dos negócios. Isso acontece porque, geralmente, as ferramentas usadas para a produção desse tipo de documento podem ser integradas a outras soluções que são utilizadas para fazer a gestão da empresa, o que permite o recolhimento e cruzamento dos dados.

Aqui na WK, podemos oferecer tudo isso de uma maneira muito mais simples e descomplicada. O ERP Radar Empresarial, o ERP que não é qualquer ERP, conta com ferramentas nativas para a criação de relatórios e documentos personalizados, que não exigem o uso de comandos com programação. Isso significa que, por meio da tecnologia, você tem total independência para extrair dados do sistema e aumentar o seu pode ser gestão!
Veja no vídeo como personalizar os relatórios:

O nosso ERP oferece mais de mil modelos padrões de relatórios, documentos, declarações e leiautes que podem ser personalizados para o seu negócio e emitidos de modo independente ou consolidado entre diferentes empresas do mesmo grupo. Além disso, a ferramenta também faz integração nativa com o Power BI, que disponibiliza dashboards prontos com mais de 100 indicadores de negócios.
                                                                                          FONTE: BLOG WK SISTEMAS

                                                                                              

0 comentários: