terça-feira, 2 de março de 2021

Chrome vai adotar HTTPS como padrão no acesso a sites

 Foram-se os tempos em que digitar o "www" era um elemento essencial para acessar um site, e agora o Chrome quer transformar esse acesso direto a URLs em um elemento que leve mais segurança à internet. A partir da versão 90 de seu navegador, o Google passará a usar HTTPS como o protocolo padrão sempre que o usuário não especificar qual quer usar no prefixo da URL.

O recurso já está sendo testado com pequenos grupos de usuários da versão atualmente em Beta, a 89, que chega nesta semana aos usuários finais. Inclusive, quem usa a versão de testes Canary do browser também pode ativar o recurso manualmente, por meio da opção chrome://flags/#omnibox-default-typed-navigations-to-https.

A ideia de “forçar” o HTTPS faz parte de um movimento antigo do Google, que trabalha há alguns anos para levar os responsáveis por páginas na web a adotarem o protocolo seguro. As iniciativas passam, por exemplo, pelos alertas sempre que dados estão sendo inseridos em sites sem o prefixo ou reduções no rankeamento de sites sem esse perfil, mas que trafeguem informações sensíveis, em ferramentas de busca e sugestão de conteúdo.

A ideia tem dado certo e, de acordo com a companhia, cerca de 82% dos sites disponíveis na internet já usam o HTTPS como protocolo padrão. Com o novo sistema, e a ideia de que páginas que ainda estão no velho HTTP poderão se tornar mais difíceis de serem acessadas, o objetivo é, quem sabe, chegar o mais perto possível do 100%.

De acordo com o cronograma de lançamentos do Google, os testes finais com o recurso devem começar a acontecer nesta semana, quando o Chrome 89 chega a todos os usuários finais e alguns deles já começam a ter a mudança aplicada por padrão. Com tudo dando certo, a ideia é que a edição 90 do navegador chegue em abril, tornando o HTTPS como o destino padrão para os sites digitados sem prefixo específico.

                                                                      FONTE:CANALTECH

0 comentários: