terça-feira, 23 de março de 2021

Cibercriminosos invadem sistemas da Acer e pedem resgate de US$ 50 milhões

Acer está vivendo dias complicados. Uma das maiores fabricantes de PCs sofreu um poderoso ataque de ransomware feito pelo grupo Hacker REvil, que afetou a rede back-office da empresa. Para interromper essa invasão e devolver os dados obtidos, os criminosos estão solicitando um módico resgate de R$ 50 milhões.


De acordo com a fabricante, esse ataque não é considerado perigoso o suficiente para interromper suas operações, mas os criminosos prometem ir além se o resgate não for pago; eles querem divulgar todos os dados e criptografia das máquinas invadidas.

O portal The Record fez todo o caminho atrás dos cibercrimonosos e de seus pedidos de resgate. Com a ajuda de Marcelo Rivero, analista de inteligência de malware da Malwarebytes, a publicação conseguiu rastrear o outro portal dark web operado pelo grupo REvil. Lá, os golpistas direcionam as vítimas do ataque para as negociações de pagamento de resgate.

Por mais que o grupo REvil ainda não tivesse vazado tudo na dark web, já existem algumas imagens de documentos de back-office da Acer circulando pela internet, bem como os pedidos de resgate recebidos pela fabricante taiwanesa.

A Acer, por meio de um porta-voz, minimizou os ataques e não confirmou se eles partiram de um ransomware.

                                                                              FONTE:PORTAL CONTABEIS






0 comentários: