terça-feira, 8 de junho de 2021

Sped: Confira a nova versão da Escrituração Contábil Fiscal

Versão 7.0.5 da ECF corrige erros do Bloco V e faz melhorias na validação do arquivo.


O site do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) publicou uma nova versão da Escrituração Contábil Fiscal.

A versão 7.0.5 corrige problemas no preenchimentos dos dados do Bloco V - Derex e faz melhorias no desempenho do programa no momento da validação do arquivo da ECF.

As instruções referentes ao leiaute 7 constam no Manual da ECF e no arquivo de Tabelas Dinâmicas, disponíveis no site do Sped.

ECF Versão 7.0.5

O programa validador da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) versão Java pode ser utilizado nos sistemas operacionais abaixo, desde que obedecidas as seguintes instruções:

1) A máquina virtual java (JVM), versão 1.8, deve estar instalada, pois o programa desenvolvido em Java não pode ser executado sem a JVM.

A Máquina Virtual Java poderá ser baixada acessando o site http://www.java.com/pt_BR/download/manual.jsp.

2) Selecione o programa de acordo com o sistema operacional, faça o download e o instale:

A) Para Windows:

SpedEcf_w32-7.0.5.exe

B) Para Linux:

SpedEcf_linux_x86-7.0.5.jar (32 bits)

SpedEcf_linux_x64-7.0.5.jar (64 bits) 

Para instalar, é necessário adicionar permissão de execução, por meio do comando "chmod +x SpedEcf_linux_x86-7.0.5.jar", ou "chmod +x SpedEcf_linux_x64-7.0.5.jar"ou conforme o Gerenciador de Janelas utilizado. 

ECF

A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) consiste numa obrigação acessória que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) da Receita Federal. A ECF tem como objetivo de simplificar as informações contábeis e fiscais por meio de medidas padronizadas com recursos tecnológicos.

A ferramenta facilita para as empresas a declaração dos seus rendimentos apurados ao longo do ano. 

Neste ano, a entrega da ECF referente ao ano-calendário 2020 foi prorrogada para o dia 31 de julho.

                                                                         FONTE:PORTAL CONTABEIS

0 comentários: